A hidronefrose é o impedimento da urina em chegar até a bexiga, ficando acumulada no rim, ocorrendo uma dilatação no órgão. Por conta disso, o rim não consegue seguir com o seu funcionamento normal, podendo desenvolver uma insuficiência renal.


Na maioria das vezes, a sua causa pode ser a complicação de outras doenças, como pedra nos rins, compressão de ureter por órgãos adjacentes, tumores nas vias urinárias, entre outros. Também pode ocorrer durante a gravidez, devido ao útero estar aumentado, passando a comprimir os ureteres.


É comum que a hidronefrose atinja apenas um dos rins, contudo, é possível sofrer de hidronefrose bilateral, fazendo os sintomas surgirem mais rapidamente e serem mais intensos, já que ambos os rins estão afetados. 


Principais sintomas da hidronefrose


Geralmente, o problema apresenta sintomas leves que incluem vontade de urinar frequentemente ou vontade repentina de urinar. Outros problemas podem surgir com o tempo. Sinais como:


- Dor ao urinar;

- Redução no volume da urina;

- Sensação de bexiga cheia mesmo após urinar;

- Sangue na urina;

- Febre e calafrios;

- Incômodo na região da bexiga.


Tratamento


Por ser causado por outros problemas urinários, a hidronefrose demanda de uma grande variedade de exames para diagnosticar o problema. Exames de sangue podem determinar o estado dos rins, porém é necessário que seja feito uma ecografia que irá proporcionar imagens dos rins, ureteres e bexiga. Outros exames também poderão ser solicitados.


A partir do momento em que o diagnóstico da causa é descoberto, o médico urologista irá indicar o melhor tratamento para o caso. Em casos como pedra nos rins, ele poderá recomendar uma terapia com ultrassom ou cirurgia para retirada da pedra, de acordo com o seu tamanho.


Em casos de aumento de próstata, poderá ser indicado a colocação de uma pequena rede no interior das vias urinárias a fim de diminuir a pressão causada pela próstata, permitindo o fluxo da urina.


Já em infecções urinárias, apenas o uso de um antibiótico poderá resolver o problema. Normalmente, o rim se recupera em cerca de 6 meses após o início do tratamento. Porém, quando não tratada, pode ocorrer complicações como inchaços, infecções graves e o risco de desenvolver doenças maiores. 


Caso sinta algum sinal de problemas nos rins, marque uma consulta agora mesmo na Renovare Urologia. Temos uma equipe de urologistas referência em Brasília. O diagnóstico precoce poderá trazer alguns benefícios, como um tratamento menos invasivo, com maiores chances de cura.